O antropólogo Edward MacRae e o Padrinho Sebastião, falecido líder daimista do Centro Eclético da Fluente Luz Univeral Raimundo Irineu Serra – Cefluris/Santo Daime.
(foto extraída do livro Guiado pela Lua. Xamanismo e uso ritual da ayahuasca no culto do Santo Daime. São Paulo, Brasiliense, 1992. Foto de 1989, créditos: Edward MacRae. Publicada com a permissão do autor).

2 Comments

  1. Vini says:

    Tecnologia é um barato. Deu na telha de fazer uma trasposição de barbas: do padrinho para o outro e do outro para o padrinho. Não é que elees se parecem um com o outro?

  2. Vinicius says:

    “Parece que a diferença entre as grandes almas e as que são vis e comuns consiste, principalmente, no fato de que as almas comuns entregam-se as suas paixões, e só são felizes ou infelizes conforme sejam agradáveis ou desagradáveis as coisas que lhes sucedem; as grandes almas, por outro lado, pensam de modo tão vigoroso e convincente que, embora também elas tenham paixões, e aliás, paixões amiúde mais violentas que as da gente comum, sua razão sempre se mantém senhora de tudo, e até faz com que seus dissabores lhes sirvam e contribuam para a perfeita felicidade que elas gozam nesta vida”
    (Descartes à Princesa Elizabeth da Boêmia, 18 de maio de 1645 – AT, iv, p.201, apud Gaukroger)