Notícia publicada no site da UFBA em 05 de maio de 2008, aqui.

O Instituto de Saúde Coletiva da UFBA (ISC) programa para julho (de 13 e 15), o I Colóquio Internacional Etnicidade, Religião e Saúde, que vai discutir questões identitárias em saúde da população negra no Brasil. Realizado através do Programa Integrado de Pesquisa e Cooperação Técnica Comunidade Família e Saúde (FASA), o evento é voltado para pesquisadores, estudantes, gestores públicos, profissionais de saúde, instituições não-governamentais, servidores públicos e privados, lideranças religiosas e representantes de movimentos sociais. A realização tem apoio da Assessoria de Promoção da Equidade Racial em Saúde (Secretaria Municipal de Saúde); do Infans – Unidade de Atendimento ao Bebê; do Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO) e da Pró-Reitoria de Extensão da UFBA.

O colóquio constitui um desdobramento dos debates e parcerias produzidos no interior da pesquisa “Itinerários terapêuticos de famílias afrobaianas em um bairro popular de Salvador: o papel das redes sociais e da experiência religiosa”, coordenado pelo grupo FASA. Também dão subsídio às interfaces estabelecidas nesse projeto com o estudo “Usages du passe et constructions identitaires au Brésil”, coordenado pela Université Pierre Mendes (Grenoble), que analisa o lugar e a representação do negro na sociedade brasileira, incluindo o campo da saúde. Na página www.coloquiofasa.isc.ufba.br constam informações detalhadas sobre o evento e os procedimentos necessários para inscrição. A data limite para envio de trabalhos será 13 de junho de 2008.

Comments are closed.