Clique aqui para assistir o curta-metragem “Tapa na Pantera”, com Maria Alice Vergueiro interpretando com bom humor uma cinquentona que gosta de fumar maconha.

Leia a notícia retirada do Jornal do Terra, publicada em: http://multimidia.terra.com.br/jornaldoterra/interna/0,,OI80265-EI856,00.html

Atriz de Tapa na Pantera se sente musa cult

Silvia Ribeiro
Direto de São Paulo

“Eu me sinto uma musa cult.” A atriz de teatro Maria Alice Vergueiro se diz surpresa com o sucesso repentino do curta-metragem Tapa na Pantera, que se tornou em uma semana febre na internet. No vídeo, postado no site YouTube sem a autorização dos autores, a atriz interpreta uma senhora que fuma maconha há trinta anos, personagem por ela criado.

Do alto de seus 50 anos de palco e 71 de idade, Maria Alice Vergueiro diz que nunca teve tanto sucesso quanto agora. O curta-metragem, assinado pelos jovens cineastas Rafael Gomes, Mariana Bastos e Esmir Filho da Ioiô Filmes, foi assistido até esta segunda-feira por mais de 235 mil internautas. Para quem se identificou, mais está por vir. Os cineastas se preparam para filmar novas cenas com Maria Alice.

A atriz nega fazer apologia do uso da maconha, mas diz não a considerar uma droga pesada. “O grande problema é você vender, traficar, ter o comércio disso. Até porque, quando isso acontece, o fumo vem ruim, malhado. O ideal seria você ter uma hortinha”, diz ela entre risadas.

Também contou que os filhos e netos se sentem constrangidos com sua sinceridade no vídeo. Para ela, independentemente de o tema ser polêmico, o curta é um convite à liberdade contra a hipocrisia. Ela diz que a personagem é o avesso da figura de uma avó conservadora e relembra a sua infância.

Redação Terra”

1 Comment

  1. Rosi says:

    -Adorei!!!figura essa “maconheira”nada convencional, puta sacada, daqui à 10 anos quem sabe serei eu a protagonista, há!há!tô quase lá, tendo em vista que fumo há 20 anos(todos os dias) só não fumava na gravidez de minhas filhas. Agora,até que tenho boa memória, não sou de esquecer muito as coisas não, pelo contrário, lembro de gente que nem imagina quem eu seja,há!há!Valeu e parabéns seu blog é muito bom.Rosi.