Um grupo de mais de 60 acadêmicos e outros especialistas lançaram publicamente um manifesto rejeitando os métodos e objetivos do Ethnobotanical Stewardship Council (ESC). O ESC levantou até agora mais de US$90.000 em uma campanha para introduzir o uso da ayahuasca em um sistema de “certificação” voltado para o mercado, baseado em discursos de “segurança” e “sustentabilidade”.

Acreditamos que mais do que garantir a sustentabilidade da ayahuasca e a segurança de seus usuários, a abordagem do ESC está, na realidade, causando danos à sustentabilidade e às práticas da ayahuasca e que algo precisa, urgentemente, ser feito contra isso. Esta declaração destaca as seguintes razões:

  • Táticas de campanha alarmistas;
  • Alegações injustificadas de que a falta de segurança, a quebra dos meios tradicionais de controle e a falta de regulamentação poderiam levar os governos na América do Sul a proibir o uso da ayahuasca;
  • Falta de representação indígena e avaliação insuficiente do impacto do trabalho deles sobre as comunidades indígenas da Amazônia;
  • Objetivos irrealistas e inapropriados para a “remoção da bruxaria”e para certificar os centros de retiro da ayahuasca;
  • Orientação voltada para o mercado, linguagem comercial e promoção do turismo da ayahuasca;
  • Alegações sem base pedindo a conservação e a proteção das plantas envolvidas no preparo da ayahuasca, a fim de impedir o seu desaparecimento;
  • Falta geral de evidência científica e de rigor, bem como representação problemática de experiência no campo;
  • Falta de transparência sobre os benefícios e processos financeiros;
  • Apropriação indevida da voz da ayahuasca.

Instamos o Conselho e os funcionários do ESC a redirecionar seus objetivos abrangentes com respeito ao controle da ayahuasca e aplicar suas habilidades na educação de estrangeiros interessados na experiência da ayahuasca.

Rush, Brian et. al (Dec 21, 2014). Declaração Criticando o “Ethnobotanical Stewardship Council (ESC)”. Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos – NEIP. Disponível em: http://www.neip.info/html/objects/_downloadblob.php?cod_blob=1571

Comments are closed.