Título: Bibliography of the Brazilian Ayahuasca Religions

Autores: Beatriz Caiuby Labate, Isabel Santana de Rose, Rafael Guimarães dos Santos e Govert Derix.

Clique aqui para ver o levantamento na íntegra no site do MAPS.

Resumo:

Temos observado, na última década, um enorme crescimento dos estudos sobre as chamadas religiões ayahuasqueiras brasileiras. Diante desta expansão e da dificuldade de acesso a muitos destes materiais, quatro autores situados em três países diferentes formaram uma rede de pesquisa e elaboraram, durante um ano, uma lista de referências bibliográficas sobre o tema (incluindo a literatura especializada e escritos “nativos”) que se pretende ser a mais exaustiva possível. A lista foi concluída com 66 páginas, incluindo dez idiomas: alemão, dinamarquês, espanhol, francês, holandês, inglês, italiano, japonês, norueguês e português. No caso de pesquisas das áreas farmacológicas, psiquiátricas e psicológicas foram dadas, quando possível, pequenas indicações ao lado das referências bibliográficas, entre colchetes, sobre onde e quando a pesquisa foi realizada. A expansão desses movimentos religiosos no Brasil e no exterior seguida do boom nos estudos a respeito aponta para a relevância e a atualidade deste tema.

Correspondências relativas a esta publicação devem ser enviadas para: banisteria@gmail.com

3 Comments

  1. jubarte says:

    Um pouco de senso comum: “O que se leva desta vida é o que se faz de bom”.
    Suor sagrado, Beatriz…

  2. beatrice... says:

    Thank you

  3. pólux says:

    Alto e baixo Egito Unificados. Sonhos de Ramsés.
    Herdeiros de Set.
    mas vede o que foi e o que é,
    Hermes não disse em vão que daquele império monumental restariam apenas pedras …
    “Pães de Açúcar, corcovados
    Fustigados pela chuva e pelo eterno vento
    Água mole, pedra dura
    Tanto bate que não restará nem pensamento …”