Da folha on-line

“Marcílio Moraes, autor de “Vidas Opostas”, maior audiência da Record, convidou o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB), e o prefeito Cesar Maia (DEM) para participarem de um debate sobre a descriminalização das drogas na novela, que se passa em um morro carioca dominado por traficantes.

Cabral defendeu em fevereiro que não seja mais crime o consumo de drogas hoje ilícitas, porque “essa equação [a ilegalidade] está matando muita gente no Terceiro Mundo”. Maia é contrário à legalização.

Moraes, que é a favor da venda de drogas em farmácias, afirma que convidou as duas autoridades, por e-mail, na semana passada. Cesar Maia negou ter recebido o convite, mas afirma que aceitaria desde que sua opinião fosse exibida como um “depoimento separado”. A assessoria de Cabral não informou a resposta do governador até a conclusão desta edição.

Além dos dois, Marcílio Moraes vai chamar uma juíza, uma professora, um sociólogo, o antropólogo Luiz Eduardo Soares (especialista em segurança pública) e o secretário do Meio Ambiente do Rio, Carlos Minc.

O debate ainda não tem data, pois depende da agenda dos convidados. Na novela, será realizado por uma emissora de TV fictícia. Seu formato já está desenhado: só atores que interpretam moradores do fictício morro do Torto, vítimas da violência, farão as perguntas.”

1 Comment

  1. Diana Batista says:

    O Macedo (o Edir)deve tanto ao diabo que é melhor manter-se invisível relativamente ao que se veicula na tv de sua iurd. ou será que ele vai trair o diabo?