Alves, Antonio Marques. Tambores para a Rainha da Floresta: a inserção da Umbanda no Santo Daime. Mestrado em Ciências da Religião. PUC-SP. 2005. (pesquisa em andamento)

Resumo:
A presente pesquisa se ocupa do movimento pelo qual a Umbanda ganhou espaço e legitimidade dentro do Santo Daime. Sem fazer parte das proposições originais do “tronco do Mestre Irineu” (Raimundo Irineu Serra, fundador do Santo Daime), a possessão ou a incorporação nos rituais, o discurso e os cantos às entidades da Umbanda ganharam voz e significados debaixo da liderança do Padrinho Sebastião (Sebastião Mota de Melo), líder da linha conhecida como Cefluris ou Centro Eclético da Fluente Luz Universal Raimundo Irineu Serra. Dentre as religiões ayahuasqueiras brasileiras, o Cefluris é certamente aquela que, ao expandir-se, manteve relações mais intensas com a “modernidade”, e imprimiu uma estratégia de grande flexibilidade doutrinária, sendo a Umbanda talvez um dos seus maiores ícones de diferenciação com relação a linha conhecida genericamente como “Alto Santo”. A pesquisa busca descrever os primeiros momentos de aproximação entre o Santo Daime e a Umbanda na década de 80 e os principais episódios que marcam a inserção progressiva de novas modalidades de ritos com influência afro — os quais, em alguns casos, servem como espécie de ‘mitos de origem’ que fundamentam a narrativa umbandista no imaginário daimista.

Sobre o autor

Antonio Marques Alves Junior nasceu em 1956 e reside em São Paulo. É Bacharel em Comunicação Social pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. No momento desenvolve pesquisa de Mestrado pelo departamento de Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Dirige a Escola da Rainha – Centro de Estudos da Supra Consciência, sediada em São Paulo, que desenvolve um leque de atividades terapêuticas e pedagógicas visando situar seus filiados nas inquietações e perspectivas do Conhecimento no ambiente da pós-modernidade. Preside a Associação Reino do Sol, igreja do Santo Daime filiada ao Cefluris, sediada em Parelheiros, São Paulo.

Para entrar em contato com Antonio Marques Alves, ou Gê Marques: ge_marques@terra.com.br

2 Comments

  1. Anonymous says:

    “Quando o povo brasileiro viu Irene dar risada
    Clementina no terreiro restaurando a batucada
    Muito além de um quarto escuro, nos olhos da namorada
    Eu sonhava com o futuro das meninas do Brasil”.
    E aê, Bia! Como anda esse eu coração democrata?

  2. Anonymous says:

    sou do daime e filho de umbanda , assim como diversos irmãos aqui na minha região ….me interesso muito pelos estudos relacionados a esse temas ..por favor mandem um email :Mandaremailpramarcelo@hotmail.com