Rebeca Pena (rebecacpena@yahoo.com.br)

Projeto de Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural na Universidade Federal de São Carlos (Araras)

Fatores que predispõe o cipó Banisteriopsis caapi  ao ataque de coleobrocas em áreas reflorestadas e de florestas degradadas.

Insetos denominados popularmente de coleobrocas vêm atacando caules do cipó Banisteriopsis caapi (Ordem Polygalales e família Malpighiaceae), cipó de origem amazônica, do qual se prepara o chá medicinal usado em rituais religiosos em todo Brasil. Esse ataque vem ocorrendo em plantações onde a planta foi adaptada, e em regiões desmatadas que sofreram queimadas na Amazônia. Tratando-se de uma planta de uso medicinal, é necessário identificar fatores que as predispõe a esses ataques de coleópteros  para traçar estratégia de manejo com base nos aspectos ecológicos para que o princípio ativo da planta medicinal não seja contaminado e/ou alterado. Sendo assim, o objetivo deste projeto é através de análises de dados como flutuação, levantamento populacional,  e características dos lugares mais afetados verificar  o potencial do controle biológico e (ou) manejo ecológico  destas coleobrocas. Com estes estudos esperam-se controlar as populações desta praga, mantendo-as abaixo do nível econômico de dano, sem afetar o equilíbrio do ecossistema da região bem como das populações que se utilizam esse chá medicinal.

Atenção: interessados podem entrar  em contato com a pesquisadora, a qual também está aberta para receber amostras de cipó com este mesmo problema.
beijos

Comments are closed.