“NATUREZA E PROTESTO: Os dois lados da Cannabis na visão de mundo rastafari”
por Lucas Kastrup Fonseca Rehen – Mestrando em Ciências Sociais pela UERJ/NEIP, ver: http://www.neip.info/downloads/texto_lucas.htm

Resumo:
O objetivo deste trabalho é analisar os principais elementos da filosofia religiosa rastafari. Nascida nas montanhas jamaicanas na década de trinta, esta filosofia se espalhou no contexto urbano jamaicano e em diversas partes do mundo, a partir dos anos setenta.O trabalho busca investigar a visão de mundo rastafari, enfatizando a relação entre alimentação vegetariana, uso ritual da cannabis, música e a noção de “povo negro” nesta experiência religiosa. São utilizadas duas metodologias: entrevistas em profundidade com um grupo de rastafaris da Guiana Inglesa e a observação participante no ritual denominado “Nyahbingui”. A proposta é analisar o papel fundamental das concepções de Natureza e Sagrado na formação do ethos em questão, apontando para a peculiaridade deste grupo na utilização da cannabis como sacramento religioso.

Para entrar em contato com o autor: lkastrup@terra.com.br

Comments are closed.