Prazo: 22 de abril.
https://www.congressointernacional2019.abramd.org

GT 5 – CUIDADOS, ABUSOS E TABUS NAS INTERSECÇÕES: QUESTIONAMENTOS ABERTOS SOBRE GÊNERO, SEXUALIDADE E USO DE PSICOATIVOS.

RESUMO: O presente GT se propõe discutir experiências contemporâneas de uso de psicoativos legais e ilegais a partir de uma leitura interseccional com foco nas categorias de gênero e sexualidades. Nesse sentido, chamamos para o debate trabalhos diversos nas diferentes áreas do saber, que se proponham a esse tema, abrangendo pesquisas qualitativas e quantitativas. O GT irá explorar pesquisas que, por exemplo, toquem os sentidos dados ao corpo e a maternidade em contextos rituais por meio do uso de psicoativos, abusos sexuais no campo ayahuasqueiro, vivência de maternidade ou violência de gênero por parte de mulheres e pessoas LGBT que consomem crack e outras drogas ilegais em contextos de rua ou institucionais, militâncias cannábicas e o lugar do feminino e do diverso nesse contexto e diversos outros registros que digam respeito à interface entre drogas e gênero e sexualidades – na sua relação com éticas, cuidados e direitos humanos surgidos desses contextos. Cabe destacar que a perspectiva desta proposta é interseccional, isto é, se constitui a partir de um olhar multidimensional que visibiliza desigualdades e diversidades e que inclui não somente o gênero e as sexualidades como variáveis de interpretação de fenômenos sociais no que faz ao uso de drogas, mas também dialoga com outros eixos de opressão como raça-etnicidade, classe, idade etc. em uma percepção densa, múltipla e plural dos fenômenos sociais.

Comments are closed.