O evento busca fomentar a interlocução entre especialistas das ciências humanas que pesquisam fenômenos relacionados aos estados de transe. O simpósio reúne pesquisadores para discutir variadas manifestações inseridas no ‘continuum mediúnico brasileiro’ de tradições religiosas que têm práticas de transe incorporadas a seus rituais ou sistemas de representação. Visa tanto discutir as diferentes modalidades de transe produzidas em contextos variados (definidos segundo expectavias compartilhadas, estilos interativos, formas de utilização e combinação de mídias), quanto às influências que as diferentes concepções de transe exercem umas sobre as outras.

Realização:
Grupo Interdisciplinar de Estudos sobre Substâncias Psicoativas – GIESP/UFBa ([email protected])
Núcleo de Estudos em Ciências Sociais e Saúde – ECSAS/UFBa

Apoio:
Centro de Estudos e Terapia do Abuso de Drogas – CETAD/UFBa ([email protected])
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – FAPESB

Comissão organizadora:
Dr. Edward MacRae
Dra. Miriam Rabelo
Sérgio Vidal

Programação:

19/06/2006 – segunda-feira

09:00 às 12:00 – 1ª Sessão – Transe e Performance, Música e Dança:

1. Edward MacRae (Universidade Federal da Bahia/CETAD/NEIP) – “Vôo xamânico, incorporação e o transe daimista” ([email protected])
2. Jean Langdon (Universidade Federal de Santa Catarina) – “Falar com os espíritos: A Construção Dialógica na Performance Xamânica Indígena” ([email protected])
3. Gustavo Pacheco (Universidade Federal do Rio de Janeiro) – “Transe e Performance na Pajelança” ([email protected])
4. Paulo Moreira (Universidade Federal da Bahia) – “Concepções sobre o transe no Alto Santo”
([email protected])

14:00 às 18 – 2ª Sessão – Perspectivas Comparativas:

4. Miriam Rabelo (Universidade Federal da Bahia) – “Possessão, Corporeidade e Espaço: comparando candomblé e pentecostalismo” ([email protected])
5. Marion Aubrée (Centre de Recherches sur lê Brésil contemporain de lÉcole des Hautes Etudes en Sciences Sociales) – “Pentecostalismo e Neopentecostalismo” ([email protected])
6. Luis Nicolau Parés (Universidade Federal da Bahia) – “Transe de Possessão e Transe no Tambor de Mina” ([email protected])
7. Sandra Goulart (Universidade Estadual de Campinas/NEIP) – “Vôo Xâmânico, Possessão, Miração: experiências extáticas de mediações em cultos ayahuasqueiros” ([email protected])

20/06/2006 – terça-feira

09:00 às 12:00 – 3ª Sessão – Novos Praticantes de Transe entre as Camadas Médias Urbanas:

8. Beatriz Caiuby Labate (Universidade Estadual de Campinas/NEIP) – “Apontamentos sobre as relações entre o branqueamento do transe da ayahuasca e as concepções ocidentais sobre drogas” ([email protected])
9. Marco Tromboni (Universidade Federal da Bahia) – “O sagrado em Gregory Bateson: reflexões sobre a experiência religiosa no Santo Daime e na União do Vegetal” ([email protected])
10. Luciana Duccini (Universidade Federal da Bahia) – “Classe Média e Possessão no Candomblé” ([email protected])
11. Marcelo Andrade (Universidade Federal da Bahia) – “Transe e a música eletrônica” ([email protected])

14:00 às 18:00 – 4ª Sessão – Transe, Corpo e Terapia:

12. Heraldo Maués (Universidade Federal do Pará) – “O transe e o êxtase na Renovação Carismática e na Pajelança Cabocla Amazônica” ([email protected])
13. Marcos Luciano Messeder (Universidade do Estado da Bahia) – “Rituais e Práticas de Alcoolização e Transe entre os Tremembé” ([email protected])
14. Mark Cravalho (Universidade Federal da Bahia) – “Modelos psicodinâmicos para uma antropologia psicocultural de transe e possessão” ([email protected])

Local: Centro de Estudos e Terapia do Abuso de Drogas (CETAD) Rua Pedro Lessa, 123 – Canela – Salvador (BA)

Informações: tel (071) 3336 3322 ou Sérgio Vidal: [email protected]

A entrada é aberta e gratuita.

1 Comment

  1. Maria Clara Rebel says:

    Achei muito interessantes os tópicos discutidos. Haverá uma publicação dos mesmos ou das gravações?
    Abraços.